Japonesas
Loiras
Olhos Claros
Tatuadas
maio 29

Circula do WhatsApp um boato de que o vídeo-clipe de uma cantora canadense chamada Lin Lores teria sido proibido em diversos países devido as cenas de sexo explícito. Será verdade?

Mensagem no WhatsApp falando sobre o clipe da cantora Lin Lores

O clipe da cantora canadense Lin Lores foi proibido em alguns países. Nunca antes uma cantora apareceu fazendo sexo explícito num clipe.
Não quero nem ouvir que porra que ela tá cantando… Já virei fã!

Esta é a mensagem que acompanha o vídeo-clipe de quase 3 minutos e causa perplexidade devido as cenas de sexo realmente explícitas, como num filme pornô. A ótima qualidade da produção deixa realmente a sensação de que a informação é verdadeira.

Para a decepção dos marmanjos de plantão, não passa de mais uma fakenews, uma notícia inventada para enganar as pessoas, fato tão comum na internet. Sendo a notícia falsa, alguns questionamento surgem a nossa cabeça: Quem é Lin Lores? Que música é essa? Quem é a pessoa que aparece no clipe? E essas imagens, de onde vieram? Quem espalhou esse boato?

Quem é Lin Lores?

Na verdade o nome Lin Lores não existe. Pelo menos não relacionado a alguma cantora canadense. Uma rápida busca no Google pelo nome e termos relacionados mostra que as únicas ocorrências são falando justamente a respeito da notícia falsa e não sobre a carreira da suporta cantora.

Música da suposta Lin Lores

A música utilizada no vídeo-clipe falso é na verdade da banda holandesa The Common Linnets. Ela se chama Calm After of The Storm e seu vídeo-clipe original está disponível no YouTube.

The Common Linnets - Calm After of The Storm

Quem é a mulher do clipe da Lin Lores?

Essa é a parte mais curiosa. A pessoa que aparece no clipe falso é a atriz pornô Alice White, também conhecida como Penny Brooks. Além de trabalhar como atriz pornográfica desce muito nova, a moça é também cantora e compositora, embora não tenha alcançado o mesmo sucesso.

De onde são as imagens usadas no clipe?

As imagens utilizadas no falso clipe são na verdade de um vídeo pornô feito pela produtora PornFidelity, com duração de 41 minutos. Na produção original, Alice canta uma outra música e só depois começam as cenas de sexo explícito. Se você tiver curiosidade pode assistir a uma versão reduzida de 15 minutos do vídeo original:

PornFidelity - Alice White

E não foi a primeira vez que Alice White gravou um vídeo pornô com essa temática. Em um outro trabalho pornográfico para a produtora EroticaX a atriz pornô também mostrou seus dotes musicais antes dos físicos. Você também pode assistir as cenas desse vídeo:

EroticaX- Alice White

Quem inventou essa história?

Ainda não foi identificado a pessoa ou grupo que iniciou esse boato pela internet. Esse tipo de coisa, em inglês conhecido como hoax, são muito comuns na rede e podem ter vários objetivos: desde promover a atriz pornô ou a banda holandesa interprete da música, até uma simples brincadeira ou desafio de algum site de humor.

O fato é que esse boato é falso, não apenas a notícia suposta proibição do clipe pelo mundo mas inclusive a própria existência de uma cantora chamada Lin Lores.

E você, acha que algum dia uma cantora conhecida teria coragem de gravar um clipe musical com cenas de sexo explícito? Deixe um comentário.

1

comentário(s)



Comentários

Participe deixando o seu comentário sobre o assunto:

Leia o comentário enviado sobre o assunto: Lin Lores: Verdade que o Clipe da Cantora foi Proibido?

  1. Guilherme disse:

    Acredita-se em cada coisa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

 

Sexo Amador
Pornos
Videos Pornos
Xvideos porno
Xvideos Novinhas
xvideos porno
xvideos 10
acompanhantes sp